Ácido hialurônico: para que serve e quem pode usar?

Ácido hialurônico: para que serve e quem pode usar?


site_blog_ludymilla_pereira_acido_hialuronico

Você já ouviu falar em ácido hialurônico? Essa substância é uma proteína, produzida naturalmente pelo nosso organismo. O ácido hialurônico é muito importante para nossa saúde e bem estar. A principal função desta substância é hidratar e lubrificar naturalmente nossos tecidos.

Quando nascemos, os níveis de ácido hialurônico em nosso corpo são altos. Porém, conforme os anos vão passando, eles vão diminuindo. A diminuição traz alguns problemas: um deles é o envelhecimento da pele. Nossa pele vai ficando mais flácida, fina e com marcas de expressão aparentes.

Além do envelhecimento da pele, os baixos níveis de hialurônico trazem também a dificuldade de cicatrização.Por conta desses problemas que surgem com o envelhecimento natural dos humanos, os cientistas acabaram criando a versão sintética do ácido hialurônico. E as pesquisas feitas por especialistas vêm comprovando cada vez mais a sua eficácia e trazendo resultados surpreendentes.
O ácido hialurônico é essencial para manter a beleza, maciez e saúde da pele. Para os cabelos age como reconstrutor, pode ser usado em shampoos para hidratação e proteção dos fios. A utilização do ácido hialurônico, independente de sua forma, acelera a renovação celular da pele. Isso significa que ela se regenera mais rapidamente, diminuindo manchas, cicatrizes e marcas.

Ácido hialurônico – existem contraindicações?

O ácido hialurônico tem muitos benefícios comprovados. No entanto, como qualquer substância, é preciso estar atento às contraindicações para evitar maiores problemas. A utilização do ácido hialurônico não é recomendada para gestantes ou lactantes, por exemplo. Também não é indicado para pessoas que sofrem de doenças autoimunes. Em qualquer situação, antes de cogitar seu uso, seja via suplemento ou aplicação, é sempre indicado buscar a orientação de um especialista.

Vamos ao que interessa: aplicações do ácido hialurônico na Odontologia

Como já dito, o ácido hialurônico é um componente natural de várias células do corpo humano. Principalmente daquelas que estão associadas à síntese de colágeno. Como é uma substância orgânica, sua aplicação é muito segura.
O uso do ácido hialurônico por cirurgiões-dentistas em tratamentos da cavidade bucal e da face foi autorizado em março de 2014 pelo CFO. A substância é utilizada como uma opção de tratamento para atenuar problemas mandíbula ou nos lábios, bem como para preencher determinadas áreas da face que estão direta ou indiretamente associadas ao funcionalismo e/ou à estética odontológica. Por isso, tratamentos como: rinomodelação, preenchimento labial, skinbooster, microagulhamento e MD Codes fazem parte do trabalho.

É normal que após a aplicação a região apresente vermelhidão e até mesmo inchaços, que desaparecem em no máximo 48 horas. Mas, é claro cada organismo reage de uma maneira distinta. É importante dizer que todas as aplicações são após anestesia local, que torna o procedimento completamente indolor.
Ficou com alguma dúvida? Entre em contato comigo.

Share:

Deixe uma resposta